A intolerância à lactose afeta muitas pessoas no mundo inteiro, ainda que não de forma completa ou com elas tendo conhecimento disso. Isso quer dizer que um número bastante alto da população mundial sofre com problemas de digestão de lactose, mesmo que não haja uma intolerância total – e boa parte delas nem mesmo sabe desse problema.

De acordo com o Uol, quase 70% das pessoas no mundo possuem algum tipo de problema com a digestão de lactose. Quando falamos do Brasil, o número também é elevado: 35% da população com mais de 16 anos já relataram algum tipo de desconforto depois do consumo de derivados de leite. Por isso, é importante que as pessoas saibam reconhecer esse problema, seus sintomas e como viver com isso.

O que é a intolerância à lactose?

É a incapacidade do organismo de digerir corretamente o açúcar do leite, chamado de lactose. Isso normalmente se dá por conta da baixa produção ou até mesmo ausência da enzima lactase dentro do nosso intestino. O processo comum é de quebra e digestão da lactose por meio desta enzima no intestino grosso. Quando isso não acontece, as bactérias presentes na lactose que não foi digerida causam inchaço, gases e diarreia. A conta é simples: quanto menos lactase for produzida pelo nosso organismo, maior a chance da pessoa desenvolver uma intolerância à lactose.

Sintomas

Os primeiros sinais de uma intolerância à lactose passam por qualquer tipo de desconforto intestinal e desregulação. Sensação de estufamento; digestão ruim; azia; diarreia ou intestino preso; e cólicas intestinais. Esses sintomas costumam aparecer entre 30 minutos e duas horas após a ingestão de leite ou de produtos derivados do leite, como queijos e iogurtes.

Tipos de intolerância à lactose

Sim, existem tipos diferentes. Médicos costumam definir em três categorias:

  • Primária: é o tipo mais comum e é algo pelo qual todo ser humano passa, conforme vai envelhecendo. O organismo, ao longo dos anos, possui cada vez menos a enzima lactase, gerando pelo menos um grau pequeno de intolerância.
  • Secundária: é uma consequência de doenças intestinais e de síndromes, como a do intestino irritável. Também pode surgir após cirurgias ou lesões que ocorram na região do intestino delgado. É o tipo de intolerância que também aparece ao longo da vida em alguns pacientes, sem aviso prévio.
  • Congênita/em desenvolvimento: são os casos mais raros em que os bebês já nascem com intolerância, normalmente por conta de algum fator genético. Também são os casos que precisam de mais atenção, porque o bebê não pode tomar o leite materno.

Como identificar e quais as complicações?

O diagnóstico da intolerância à lactose é feito pelo médico depois que os sintomas são relatados em uma consulta e a partir de alguns exames específicos:

  • Teste de intolerância à lactose;
  • Teste de hidrogênio na respiração;
  • Teste de acidez nas fezes.

Depois desse diagnóstico, a principal questão de uma pessoa que vive com intolerância à lactose é a questão da deficiência que isso gera de cálcio e vitamina D – duas coisas presentes no leite. Porém, uma alimentação balanceada e saudável é o suficiente para suprir esses nutrientes. O pior caso mesmo é para os fãs de um cafezinho com leite.

Lista de alimentos que devem ser evitados

  • Queijo
  • Leite condensado
  • Manteiga
  • Sorvete
  • Bolo
  • Pão de queijo
  • Pudim
  • Iogurte
  • Requeijão

Alimentos recomendados

Após o diagnóstico da intolerância, o paciente pode substituir o leite tradicional pelo vegetal, que tem algumas variedades: de arroz, castanhas, coco e aveia. Eles normalmente são bem fáceis de serem encontrados e ainda existe a possibilidade de fazê-los em casa. Outros alimentos, com alta propriedade de vitamina D, também são recomendados: cereais integrais, frutas e castanhas.

Tem alguma cura?

Ainda não existe nenhuma cura, mas é possível viver uma vida bastante saudável mesmo com esta intolerância. Os desconfortos na barriga somem ao seguir uma dieta sem nenhum derivado de leite. Porém, o mais importante é seguir a recomendação do seu médico e buscar se informar. Se você sentir algum tipo de desconforto abdominal, principalmente no período após refeições, vá até um médico de confiança para fazer a testagem da intolerância.

Categorias: Serviços

6 comentários

metformin er 500 mg · abril 12, 2024 às 12:07 am

metformin 250 mg tab

canadadrugpharmacy com · abril 13, 2024 às 1:25 am

med pharmacy

valtrex daily use · abril 14, 2024 às 1:51 pm

herpes medication valtrex

zestoretic 20 12.5 mg · abril 15, 2024 às 4:08 am

lisinopril pill 10mg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress